domingo, 14 de mayo de 2017

Pardaizinhos




Os pardaizinhos cinzentos
cantam todos, tão cedinho,
e acompanham, as suas notas,
meu jeito de andar sozinho.

Encanta os meus ouvidos
seu coro de voz gostosa,
tal como o meigo suspiro
duma saudade amorosa.

Me faz bem ouvir seu canto,
tão humilde mas tão belo,
evoca um mundo feliz,
o mundo que eu tanto anelo.

Vão pulando pelo chão
esses lindos passarinhos,
seus bebês querem comer,
estão famintos nos ninhos.

Procuram qualquer bocado,
qualquer inseto que passa,
para que os filhinhos tenham
esse olhar cheio de graça.

No hay comentarios:

Publicar un comentario